Início Destaques Operação da PF mira fraudes no INSS de R$ 4,6 milhões

Operação da PF mira fraudes no INSS de R$ 4,6 milhões

50
0

Powered by WP Bannerize

Da Redação

 

A Polícia Federal deflagrou, nesta quinta-feira (25), a segunda fase da operação Old Pension, que visa desarticular grupo criminoso especializado em fraudes previdenciárias em Mato Grosso e Rondônia. A primeira fase da operação foi realizada em 27 de julho de 2022.

Além de Cuiabá, foram cumpridos mandados de busca e apreensão nas cidades de Vilhena, Cerejeiras e Ji-Paraná, no estado de Rondônia, todos expedidos pela Justiça Federal de Vilhena (RO).

De acordo com as investigações realizadas pela Polícia Federal, eram inseridos dados falsos nos sistemas do INSS para a concessão de direitos previdenciários, que eram pagos, com valores retroativos por benefícios como Pensão por Morte ou Amparo Social à Pessoa com Deficiência. Os valores eram creditados em contas de terceiros que não tinham qualquer relação com os verdadeiros beneficiários dos recursos.

Estima-se que o prejuízo causado aos cofres do INSS ultrapasse R$ 4,6 milhões.

Diante da situação os suspeitos poderão responder, na medida de sua participação, pelos crimes de estelionato qualificado, falsidade material e ideológica, bem como associação criminosa, cujas penas somadas podem ultrapassar 30 anos de prisão.

Fonte: Muvuca Popular

Powered by WP Bannerize