Início Cidades Manga, pequi e caju perfumam e colorem Cuiabá esta temporada

Manga, pequi e caju perfumam e colorem Cuiabá esta temporada

140
0

Powered by WP Bannerize

A temporada das frutas típicas regionais como manga, o caju e a iguaria do cerrado, o pequi, é uma das favoritas dos moradores de Cuiabá e da baixada cuiabana. As frutas podem ser aproveitadas em doces e em deliciosos pratos, como é o caso do pequi. Seja como for, esses frutos atrativos, além de serem apreciados pelo sabor, também carregam parte da cultural mato-grossense.

A manga é uma fruta que tem muitos nutrientes como: vitamina A e C, potássio, polifenóis e, além disso, é rica em fibras, sendo uma excelente aliada da saúde. O caju é rico em vitamina C e é um ótimo reforço no sistema imunológico.

Esses frutos típicos que são saboreados por muitos mato-grossenses podem ser consumidos de diversas maneiras. Manga e caju podem ser degustados ao natural, em sucos e também em doces tradicionais cuiabanos. Já o pequi em deliciosos pratos típicos, como galinhada com pequi, arroz com pequi, entre outros.

A manga e o caju ainda são muito presentes nos quintais dos cuiabanos, mas se não há espaço para cultivar sua própria árvore frutífera é fácil encontrar as frutas pela cidade.

Onde comprar

O Mercado do Porto, em Cuiabá, é um ótimo local que você pode encontrar uma diversidade de frutas com muita qualidade e frescas. A reportagem esteve no local e percorreu algumas barracas de comerciantes. Na maioria, a manga é comercializada por R$ 8,00 o quilo

O caju é comercializado de dois modos: na bandeja que custa, na maioria das barracas, R$ 5. També é comum encontrá-lo sendo vendido por quilo, que custa um pouco mais caro, R$ 20,00.

O pequi é vendido na bandeja custando também R$ 20,00.

“As vendas dessas frutas estão boas, nesta época vendemos bastante. O povo compra!”, destacou uma comerciante.

A região central de Cuiabá também é outro lugar onde esses frutos são bastante comercializados, principalmente, o pequi. Em uma barraca, no início do calçadão Antônio João, a lata média de pequi custa R$15,00.

“Pegamos de um revendedor e está saindo bastante esses dias”, comentou um ambulante.

Além dos lugares percorridos pela reportagem, há outros espalhados pela capital que comercializam essas frutas tícpicas desta época do ano, como nos mercados, supermercados e feiras de bairros.

Fonte: Gazeta Digital

Powered by WP Bannerize