Início Cidades Publicado o edital para concessão do Parque de Chapada

Publicado o edital para concessão do Parque de Chapada

154
0

Powered by WP Bannerize

Em mais um passo para a concessão à iniciativa privada do Parque Nacional de Chapada dos Guimarães, o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) publicou ontem (26) o edital para licitação da empresa que administrará a área de conservação por 30 anos. A previsão é que o leilão aconteça em dezembro, na Bolsa de Valores, em São Paulo (SP), com assinatura do contrato no início de 2023. Ao todo, estima-se investimentos de R$ 18 milhões na melhoria da infraestrutura da área de visitação aberta ao público.

Para o ICMBio, que atualmente faz a gestão do Parque, a unidade não será privatizada e aponta os benefícios futuros com a concessão, a exemplo da criação de mirantes, transporte para os atrativos turísticos e investimento em acessibilidade nas trilhas. “Tudo isso visa proporcionar ao visitante uma melhor experiência dentro da unidade de conservação e também torna os parques nacionais mais acessíveis e atrativos para públicos mais diversos”, diz o instituto.

Com a concessão, o ICMBio passa a fiscalizar o cumprimento das especificidades do edital e foca no monitoramento da biodiversidade, manejo integrado do fogo, educação ambiental, dentre outros.

Luiz Gustavo Gonçalves, analista ambiental e servidor do Parque, defende que o edital foi construído “dentro da maior transparência”, cumprindo todos os requisitos técnicos. “Uma coisa é importante frisar, não se trata da entrega da área para a iniciativa privada. Trata-se da concessão de serviços que vão tornar a experiência de visitação melhor”.

Segundo ele, a empresa que vencer o certame irá retirar o lucro a partir da cobrança de ingressos para a visitação. “Os valores serão todos tabelados para que não se torne um impedimento para a população”, completa o analista.

Criado em 1989, o Parque possui 32.630 mil hectares de área com amostras significativas dos ecossistemas locais, além de espécies nativas do Cerrado, inclusive ameaçadas de extinção. A área abriga ainda paisagens turísticas e sítios arqueológicos que ajudam a contar o povoamento da região. Em 2000, a unidade foi declarado como Reserva da Biosfera do Pantanal.

Fonte: Gazeta Digital

Powered by WP Bannerize