Início Destaques Investigadora e delegado se envolvem em briga com tiros em Chapada dos...

Investigadora e delegado se envolvem em briga com tiros em Chapada dos Guimarães

51
0

Powered by WP Bannerize

Da Redação

 

A investigadora da Polícia Civil, Keyttnee Campos Rodrigues, de 39 anos, atirou contra o marido, o delegado Bruno Lima Barcellos, de 47 anos, no final da tarde de segunda-feira (12), em Chapada dos Guimarães (65 km de Cuiabá). Ele não foi atingido.

De acordo com o boletim de ocorrência, o delegado, que é lotado em Cáceres (220 km de Cuiabá), compareceu até a Delegacia de Chapada dos Guimarães por volta das 16h30 de segunda-feira (12). Ele contou que estava em casa, com a suspeita, quando os dois resolveram sair do local e viajar para Cáceres. No percurso, a investigadora disse que não iria mais e pediu para que o delegado a deixasse de volta na residência, pois a mãe dela estava aguardando.

Ao chegarem na residência, ele pediu para que a investigadora saísse do carro, uma caminhonete L200, mas ela se negou e apontou a arma, que estava no porta-luvas, para o marido.

Ele conseguiu se defender ao se esquivar em volta do veículo. Em seguida, a investigadora fez um disparo. Ao ouvir o barulho do tiro, a mãe da suspeita saiu da residência e foi ver o que havia acontecido.

Quando ela chegou, o delegado pediu para que a sogra retirasse a investigadora do local e a levasse para dentro da casa. No entanto, a mulher pegou a arma de fogo e também disparou contra Bruno.

O delegado conseguiu se esquivar no entorno da caminhonete e após ser ameaçado de morte pela esposa e sogra, decidiu sair do local e correu para rua. Na sequência, ouviu outro disparo. Bruno então procurou a delegacia de Chapada dos Guimarães para registro de ocorrência.

A Polícia Civil emitiu uma nota confirmando a ocorrência de disparo de arma de fogo e explicou que o casal foi ouvido na Delegacia de Chapada dos Guimarães. Informou ainda que um procedimento foi instaurado pela Corregedoria-Geral da Polícia Civil para apurar a conduta das partes envolvidas, as circunstâncias do fato e adoção das providências cabíveis ao caso.

Veja a nota na íntegra

A Polícia Civil confirma a ocorrência de disparo de arma de fogo, registrada no final da tarde de segunda-feira (12.02), no município de Chapada dos Guimarães (67 km ao norte de Cuiabá), envolvendo uma investigadora de polícia de 39 anos e o seu esposo, de 47 anos.

O casal foi ouvido na Delegacia de Chapada dos Guimarães pelo delegado plantonista, assim como a mãe da investigadora que também teve participação na ocorrência.

A Corregedoria-Geral da Polícia Civil foi acionada e compareceu à delegacia, sendo instaurado procedimento para apurar a conduta das partes envolvidas, as circunstâncias do fato e adoção das providências cabíveis ao caso.

Fonte: Muvuca Popular

Powered by WP Bannerize