Início Cidades Com fim da vacinação, expectativa é que países importem mais carne bovina...

Com fim da vacinação, expectativa é que países importem mais carne bovina de MT

122
0

Powered by WP Bannerize

Diretor-técnico da Associação dos Criadores de Mato Grosso (ACRIMAT), Francisco Manzi, afirmou em entrevista ao Jornal do Meio Dia, nessa quinta-feira (19), que países que compram a carne bovina mato-grossense podem aumentar a quantidade de importada atualmente. Isso se deve a suspensão da vacinação da febre aftosa em Mato Grosso, que não tem registro da doença há 26 anos.

“É um avanço. Mais uma transparência que o Brasil fornece para outros países. Às vezes, não é um número maior de países que vai adquirir, mas dentro das cotas que esses países já importam, eles podem aumentar a quantidade importada. […] Hoje mais de 140 países já consomem a nossa carne” destacou.

Boletim semanal do Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (IMEA), divulgado nessa semana, revela que as exportações da carne bovina de Mato Grosso alcançaram patamares recordes na série histórica.

Conforme o documento, o estado registrou incremento de 25,23% nas exportações ante a 2021. Em números, foram embarcadas 605,44 mil Toneladas Equivalente Carcaça (TEC).

No mesmo ritmo, os abates mato-grossenses registraram alta de 5,85% no comparativo anual, reflexo da maior participação de fêmeas nos abates totais (+14,56% em relação a 2021). Assim, foram abatidas 4,98 milhões de cabeças em 2022.

A suspensão da vacinação contra febre aftosa em Mato Grosso pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) ocorreu em novembro do ano passado, após décadas cumprindo com o dever de vacinar o gado para eliminação da doença.

China, somada a Hong Kong seguem na liderança entre maiores importadores da carne bovina de Mato Grosso.

Fonte: Gazeta Digital

Powered by WP Bannerize