Início Esportes Multidão de torcedores argentinos força mudança de rota de ônibus com jogadores...

Multidão de torcedores argentinos força mudança de rota de ônibus com jogadores campeões da Copa

120
0

Powered by WP Bannerize

A festa nas ruas de Buenos Aires pela conquista da Argentina da Copa do Mundo só começou. O governo argentino já havia decretado feriado nacional nesta terça-feira. Dezenas de milhares de pessoas aguardam a chegada dos atuais campeões mundiais. Na capital, há restrições de trânsito e os serviços públicos reduziram o esquema de funcionamento habitual.

O ônibus com a delegação argentina estava para passar pelo famoso Obelisco às 12h (de Brasília). No entanto, a quantidade de torcedores, milhares ao redor da praça, fez com que o ônibus mudasse de rota e não passasse pela famosa Avenida 9 de Julho.

 

Ao lado de colegas de seleção argentina, o volante De Paul publicou um vídeo provocando os brasileiros: “Se não gritamos todos, parecemos brasileiros”. Os jogadores se alternavam tocando instrumentos musicais, cantando músicas e bebendo muita cerveja.

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, convidou jogadores e comissão técnica à Casa Rosada, sede do governo nacional, mas não há confirmação de presença. Segundo o jornal argentino Clarín, a delegação não irá comparecer ao local.

A seleção da Argentina chegou a Buenos Aires na madrugada desta terça, dois dias depois de vencer a final contra a França, na Copa do Mundo do Catar. Decorado com o slogan “Uma equipe, um país, um sonho”, o avião dos campeões mundiais pousou às 2h40 no Aeroporto Internacional de Ezeiza. Na capital argentina, milhares de torcedores já esperavam para começar as comemorações pela terceira estrela da alviceleste.

Messi era um dos mais entusiasmados na chegada. A delegação fez uma parada em Roma antes de seguir para Buenos Aires. Durante o voo, a taça da Fifa passou de mão em mão para fotos e teve até um assento próprio, presa pelo cinto de segurança. Os jogadores festejaram durante boa parte da viagem de volta para casa.

Messi liderou a seleção argentina na conquista do terceiro Mundial do país. O camisa 10 foi eleito o craque da edição de 2022 após grandes e decisivas atuações. O Brasil segue na liderança, com cinco conquistas. Foram 36 anos de seca. Os hermanos já haviam ganhado as Copas de 1978 e 1986.

Fonte: Gazeta Digital

Powered by WP Bannerize