Início Esportes Após invasão de campo, Cuiabá exige punição rigorosa de torcedores

Após invasão de campo, Cuiabá exige punição rigorosa de torcedores

134
0

Powered by WP Bannerize

O Cuiabá emitiu uma nota nesta segunda-feira (17), exigindo a punição dos torcedores que invadiram o gramado da Arena Castelão no último domingo (16), durante a partida contra o Ceará, pela 31ª rodada do Brasileirão. O jogo terminou empatado em 1 a 1 e foi encerrado por falta de segurança.

“O Cuiabá Esporte Clube vem a público repudiar os atos de violência ocorridos ontem no Castelão, durante a partida contra o Ceará, e exigir punição rigorosa aos envolvidos”, divulgou o clube.

No documento, o Cuiabá ainda reproduz a súmula assinada pelo árbitro Caio Max, na qual ele cita a falta de segurança para não dar continuidade a partida, encerrada aos 50 minutos do segundo tempo.

“Após 13 minutos do início da invasão, decidi dar por encerrado a partida, por entender que não haveria garantia de segurança para o reinício da partida, pois haveria ainda 7 minutos por jogar referente ao restante do acréscimo do segundo tempo”, escreveu o juiz.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) também foi citada. Segundo o Cuiabá, a entidade e os clubes brasileiros devem estar cientes de que uma tragédia se aproxima e que apenas “a adoção de medidas rigorosas livrarão o futebol destas cenas lamentáveia”.

“O Cuiabá EC espera que os fatos graves de ontem sejam apurados de forma profunda e que os responsáveis sejam punidos de forma enérgica e exemplar”, finalizou.

Fonte: Gazeta Digital

Powered by WP Bannerize