Início Cidades Acrobacias e dança marcam campeonato de Cheerleading em Cuiabá; conheça o esporte

Acrobacias e dança marcam campeonato de Cheerleading em Cuiabá; conheça o esporte

119
0

Powered by WP Bannerize

Conjunto de acrobacias, dança e ginástica marcam a modalidade esportiva de Cheerleading, esporte que nasceu nos Estados Unidos, mas que já arrasta grande público no Brasil. Em Cuiabá não podia ser diferente. No próximo dia 8, acontece a 2ª Edição do Campeonato Cheersteria, no Aecim Tocantins, em Cuiabá. O evento começa às 13h e será aberto ao público, com entrada gratuita. No local também serão recolhidos alimentos não perecíveis com o objetivo de doar a instituições carentes.

A primeira edição da competição aconteceu em 2019, mas por conta da pandemia, não foi possível realizar outras edições. O Campeonato está de volta em 2022 e contará com 6 equipes de cheerleading, que competirão na categoria universitária. Ainda competirão 4 equipes de cheerleading na categoria de educação básica e 2 equipes na categoria all stars. O evento contará também com a apresentação de uma bateria universitária.

O objetivo da competição é incentivar o crescimento e reconhecimento das modalidades em Mato Grosso, preparando também os atletas para competições nacionais. Muito popular nos Estados Unidos, o cheerleading  é um esporte que vem ganhando cada vez mais notoriedade no Brasil.

Pedro Passoli, 25, é atleta de cheer há 5 anos. Ele já competiu com suas equipes em 6 campeonatos e fala sobre Mato Grosso possuir equipes o suficiente para fazer um campeonato regional e levar o nome do estado para competições pelo Brasil. “E ele deixa um bom exemplo de importância, como a entrada do cheer como esporte e não como estereótipo que é apresentado em filmes”, reitera o competidor.

“E ele deixa um bom exemplo de importância, como a entrada do cheer como esporte e não como estereótipo que é apresentado em filmes”

Daniel Augusto Capilé, 21, já participou de 2 competições. Ele salienta sobre a força física que o esporte envolve e do espírito esportivo e coletividade que o cheerleading tem. “vai mostrar a quantidade de pessoas que competem”, enfatiza o atleta ao falar do potencial competitivo de Mato Grosso.

Kerley Olmedo, 30, é uma das organizadoras do evento e treinadora de cheerleading há quase 8 anos. A treinadora lembra o período de pandemia, que acabou prejudicando a evolução dos times e das equipes “mas, em contrapartida, nesse período parado surgiram equipes all stars e também vários projetos com equipes escolares se desenvolveram mais”. Ela reitera que, apesar das dificuldades enfrentadas durante a pandemia, os times estão empenhados e animados para a competição.

O evento ainda conta com parcerias, como a Secretaria de Esporte e Lazer de Cuiabá. Para melhorar ainda mais o cenário do esporte em Mato Grosso, o Cheerfest está em busca de mais parceiros e convida a toda a população a assistir a competição, que promete ser um espetáculo.

Fonte: Gazeta Digital

Powered by WP Bannerize