Início Destaques Fabinho lamenta fechamento do Galpão: “Ficará na história de Várzea Grande”

Fabinho lamenta fechamento do Galpão: “Ficará na história de Várzea Grande”

147
0

Powered by WP Bannerize

O presidente da Câmara de Várzea Grande, Fabio Tardin – popular Fabinho (PSB), usou a tribuna na sessão ordinária desta terça-feira (13.09), para contar que foi pego de surpresa nessa segunda-feira (12), com a notícia do fechamento da casa de shows “Galpão”.

Segundo Fabinho, “o Galpão se tornou tradição em Várzea Grande. Uma casa de show que foi palco de muitas festas de casamentos, além de ter proporcionado o encontro de pessoas que ali se conheceram e se casaram”.

O parlamentar disse que acompanhou alguns comentários, e ponderou que o fechamento do local ficou dividido entre a população, pois tiveram pessoas que deram glória e outras que ficaram entristecidas. Ele disse ainda que outros já conclamavam que por ser ao lado de uma igreja tinha que acabar o barulho e o movimento.

Fabinho disse que não podia deixar de lembrar que já esteve por algumas vezes na casa de shows, e citou o show do cantor Amado Batista, que ocorreu mesmo debaixo de muita chuva, mas lembrou ter muitas pessoas naquele dia.

Tardin ainda contou que tem um amigo de 67 anos, sem citar nomes, que está triste e aborrecido com o fechamento do Galpão, porque ali era o local que ele mais se divertia.

Ao finalizar, Fabinho enfatizou que tudo tem começo, meio e fim nessa vida, e que agora é o momento de agradecer essa passagem do Galpão que ficará na história de Várzea Grande.

“Vão passar longos anos e o Galpão vai ficar na memória e na saudade da população várzea-grandense. Bino, que Deus te ilumine e te dê muita saúde nessa nova empreitada que terá”, finalizou.

Fonte: Vgn Notícias

Powered by WP Bannerize