Início Destaques Cúpula do PT, que lidera federação com PV e PCdoB, convida Márcia...

Cúpula do PT, que lidera federação com PV e PCdoB, convida Márcia Pinheiro a disputar Governo

12
0

Depois de ter sido lançada pré-candidata a vice-governadora numa chapa liderada pelo ex-prefeito de Rondonópolis, Percivaz Muniz (MDB), que não vingou, no dia 08 deste mês, o nome da primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinheiro (PV) voltou à baila nesta noite de terça-feira (26.07), na ‘live’ do seu marido, o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), revelndo que ela foi convidada pela direção nacional da Federação PT, PV e PC do B para que assumisse a pré-candidatura ao governo do Estado, como frente a Mauro Mendes (União), pré-candidato à reeleição.

O convite foi formulado pelos deputados federais José Guimarães (PT/CE) e Màrcio Macedo (PT/BA), com aval da presidente do PT, deputada Gleisi Hoffman e depois as lideranças da federação em Mato Grosso, segundo ele, deram  sinal verde.

Em sua ‘live’, o prefeito explicou que o convite ocorreu porque a ex-reitora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Maria Lúcia Neder (PC do B) desistiu da candidatura alegando motivos pessoais e familiares, lembrando que a ex-reitora era a preferida da federação “até pela sua proximidade com o ex-presidente Lula”.

Parecendo entusiasmado com o convite, Emanuel Pinheiro citou os dois deputados federais como lideranças responsáveis pelos entendimentos nacionais da união dos três partidos, e disse, ainda, que Márcia Pinheiro está autorizada a buscar alianças com aliados – um sinal de que ela deve concordar com o convite.

No decorrer da live, Emanuel tratou de assutos específicos da sua gestão. Como a federação deve se reunir ainda nesta semana para discutir as candidaturas majoritárias, o nome de Márcia Pinheiro passa a ser uma das alternativas  para o enfrentamento com Mendes. Em junho, o PT, que encabeça a federação, lançou Domingos Sávio (PT) como pré-candidato à sucessão estadual, e agora o PV pretende lançar Márcia, que deve aceitar ao convite. A discussão final acontece no final deste mês entre os três partidos federados.

Fonte: Vgn Notícias