Início Esportes Com 1º salário, jovem do DF vai ao Rio ver o Flamengo...

Com 1º salário, jovem do DF vai ao Rio ver o Flamengo no Maracanã, mas time muda jogo para Brasília

11
0

Um jovem de Brasília usou o primeiro salário para viajar ao Rio de Janeiro e realizar o sonho de assistir a uma partida do Flamengo no Maracanã, mas uma manutenção no gramado do estádio obrigou o time a fazer o caminho oposto e jogar no Distrito Federal. Com isso, o clube carioca enfrenta nesta quarta-feira (20) o Juventude na cidade onde Gabriel Almeida, de 24 anos, mora. No entanto, ele estará mais perto do estádio carioca fechado do que do Mané Garrincha, onde o confronto ocorrerá.

“Recentemente, consegui meu primeiro emprego e, com o primeiro salário, uma parte dele, R$ 2.000, mais ou menos, resolvi realizar um sonho”, conta. O jovem é recém-formado em pedagogia e aproveitou o recesso acadêmico para fazer a viagem. As passagens foram compradas em 4 de julho. Ele reservou cinco dias de hospedagem e esperou o Flamengo divulgar as informações sobre a venda de ingressos para o jogo marcado para hoje.

“Só que esse jogo saiu do Maracanã e foi para Brasília. Então, estou aqui no Rio e o Flamengo está em Brasília. Fiquei muito triste. Comprei as passagens no dia 4 e, no dia 6, uma quarta-feira, lembro até a hora, eram 19h, os jornalistas começaram a falar que o Maracanã ia fechar e que os jogos contra o Coritiba e Juventude iriam para Brasília.”

No dia da mudança de local do jogo, Gabriel chorou, lembrou-se da felicidade que teve quando viu o Flamengo jogar no DF e imaginou como seria assistir a uma partida no estádio histórico do Rio de Janeiro, com a torcida carioca, que ele define como “show à parte”.

Sem ter como resolver o problema, Gabriel deixou a mágoa de lado e mudou a programação, agora com foco na cidade maravilhosa.

“Vou à Gávea, vou ao Museu do Amanhã e vai ser maravilhoso, mesmo sem ver o Flamengo”, disse. “A oportunidade de ir ao Maracanã vai ter que ser em outra vez”, lamenta.

O time rubro-negro também tem motivos para querer ver Gabriel na arquibancada. Quando ele pôde acompanhar um jogo no Rio, em 2011, o clube goleou o Cruzeiro por 5 a 1. Na época, o Maracanã também estava fechado, por causa das reformas para a Copa do Mundo, e a partida foi no Engenhão.

Fonte: Gazeta Digital