Início Destaques Acordo costurado por Emanuel fecha apoio a Neri ao Senado e lança...

Acordo costurado por Emanuel fecha apoio a Neri ao Senado e lança Percival e Márcia ao Governo

16
0

Integrante da base do presidente Jair Bolsonaro, que é pré-candidato à reeleição, o deputado federal Neri Geller (PP) fechou na calda da noite de sexta-feira (08.07), sem alarde, uma composição com parte do MDB, cuja chapa ao Governo do Estado terá o ex-deputado federal e ex-prefeito de Rondonópolis Percival Muniz (MDB) na ponta e Márcia Pinheiro (MDB) como pré-candidata a vice-governadora.

Esse acordo foi arredondado no gabinete do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, que havia ‘intimado’ pela manhã desta mesma sexta-feira (08.07) Neri Geller a dar uma posição de rompimento com o governador Mauro Mendes (União), que pode vir a ser cndidato à reeleição.

Ao VGN no final da tarde, com suas palavras, Neri Geller disse “que não entraria na briga ‘pessoal’ entre Mauro e Emanuel Pinheiro”., respondendo  à pressão de Pinheiro. Pela composição de hoje, (08), Neri também deixa de apoiar Bolsonaro e entra de cabeça na campanha da chapa presidencial, liderada pelo pré-candidato Luiz Inácio da Silva (PT).

Ainda falta convencer o MDB, principalmente, o presidente do partido, deputado licenciado Carlos Bezerra, porque uma ala do partido não vê com bons uma candidatura própria ao Governo do Estado. E também ainda resta costurar a adesão, sem condicionantes, da Federação Brasil da Esperança (PT, PCdoB e PV). Os três [Emanuel, Geller e Percival], porém, não veem barreira nesse sentido.

Na outra ponta

Enquanto os três alinhavavam o acordo, o governador Mauro Mendes tinha uma conversa a portas fechadas com o senador Carlos Fávaro (PSD), outro pressionado pelo prefeito da Capital a deixar de seguir Mendes. O conteúdo da conversa não foi divulgado.