Início Destaques Governador e Eduardo Botelho entregam títulos de propriedade definitivos em Vázea Grande

Governador e Eduardo Botelho entregam títulos de propriedade definitivos em Vázea Grande

7
0

Em uma nova etapa, o governador Mauro Mendes, acompanhado do deputado licenciado Eduardo Botelho, secretários  e dezenas de pessoas, entregou mais cerca de 900 títulos de propriedade definitiva em Várzea Grande.

Em abril, foram trezentas e trinta e quatro famílias de Várzea Grande que receberam  os títulos de propriedade urbana registrados em cartórios. A previsão do governador é de fazer essa entrega, como em Várzea Grande, em todo o Estado. Serão, até o fim do ano, 20 mil títulos.

 

O deputado Eduardo Botelho destacou que esse é um trabalho que se iniciou há muito tempo em parceria Governo do Estado/Assembleia Legislativa. “A diferença para entregas de anos atrás é que o beneficiado nãopaga, tudo sem custo. As escrituras em cartório já foram emitidas, ou seja, entrega com todos os serviços e estrutura necessários, beneficiando diretamente mais de dois mil famílias até o momento.

Na primeira fase, os títulos foram entregues para os moradores dos bairros Cristo Rei (186 títulos), Dom Orlando Chaves (65), Cohab Dom Bosco (52) e Cohab Jayme Campos (31). A ação conta com investimentos de R$ 9 milhões em recursos aplicados pelo Governo de Mato Grosso, por meio de parceria entre o Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat), MT PAR e Prefeitura de Várzea Grande.

“Nós estamos cumprindo uma intensa programação que está sendo realizada pelo Intermat, através de parceria com a MT Par, Assembleia Legislativa e todos aqueles da equipe que trabalharam para que pudéssemos ampliar fortemente o programa de regularização fundiária em todo o Estado de Mato Grosso. Estamos trabalhando muito, oferecendo condições para que a equipe de profissionais da autarquia, cada vez mais, cumpra este importante papel de realizar o sonho das famílias, entregando o seu documento. Isso vai garantir segurança jurídica da propriedade que poderá ser vendida, reformada e pode ser deixada como herança a filhos, netos e outros familiares”, declarou o governador Mauro Mendes.

Fonte: Vgn Notícias