Início Destaques Traficantes de cocaína de MT são presos em operação nacional

Traficantes de cocaína de MT são presos em operação nacional

10
0

Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) em apoio à Polícia Civil do Distrito Federal (DF), está cumprindo 8 ordens judiciais da Operação Sistema, deflagrada pela polícia do Planalto Central para desarticular uma quadrilha especializada em tráfico de cocaína. Em Mato Grosso, os mandados são cumpridos em Mirassol D’Oeste (300 km ao Oeste de Cuiabá), de onde saíram dois carregamentos da droga.

 

De acordo com as informações da assessoria de imprensa do órgão, são cumpridos 6 mandados de busca e apreensão e dois de prisão temporária. Os alvos são integrantes da organização criminosa que atua não só no tráfico, mas também na lavagem de dinheiro.

 

Em todo o país, a operação cumpre mais de 70 mandados. Além do Distrito Federal e Mato Grosso, as equipes também fazem buscas nos estados de Goiás e São Paulo. Justiça autorizou ainda o sequestro de bens e bloqueios de contas bancárias dos membros da organização criminosa.

 

Droga saia de MT

Conforme a investigação da polícia do DF, a estrutura completa da organização criminosa foi revelada há 3 anos naquele estado. Mas, ela era dividida em dois núcleos, com lideranças de ações e planejamentos do transporte da cocaína, que saía de Mirassol D’Oeste.

 

Os 3 líderes da quadrilha – que não foram identificados – ficavam com o lucro principal. Eles direcionavam o dinheiro do tráfico para imóveis e estabelecimentos comerciais. Utilizando da clássica estratégia de lavagem de dinheiro para confundir e dificultar o trabalho dos investigadores.

 

Segundo a delegada titular da DRE, Juliana Chiquito Palhares, esse tipo de intercambio de informações entre as Polícias Civis do Brasil é uma metodologia exitosa, que contribui para o bom desenvolvimento da investigação.

 

“A DRE vem exercendo essa parceria em investigações próprias e de terceiros há bastante tempo e isso fortalece a investigação permitindo ter uma amplitude do trabalho investigativo, que as vezes sem esse apoio ficaria muito mais difícil”, disse a delegada.

 

Dois transportes

Sabe-se até o momento a logística de transporte de dois grandes carregamentos de cocaína. O primeiro foi apreendido em janeiro, em Uruaçu (GO). Foram cerca de 300 kg da droga encontrados em um compartimento falso de um caminhão do tipo boiadeiro.

 

Já em fevereiro, na mesma localidade, em ação com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), as equipes apreenderam 205 kg de cocaína. A organização criminosa atuou da mesma forma, com batedores, logística e transporte.

 

Além disso, foi descoberta nessa segunda apreensão a existência do núcleo criminoso na cidade mato-grossense, de onde saíram os dois carregamentos.

Fonte: Gazeta Digital