Início Cidades Sema monitora barragem após fortes chuvas em cidade de MT

Sema monitora barragem após fortes chuvas em cidade de MT

67
0

Agentes da Secretaria de Estado de Meio Ambiente (Sema) descartaram a possibilidade de rompimento da barragem de Confresa (1.160 a nordeste de Cuiabá). A perícia foi realizada após circularem informações sobre um possível risco na unidade em decorrência das fortes chuvas que têm atingido a cidade nas últimas semanas.

 

Contudo, mesmo tendo descartado a possibilidade de um eventual rompimento das estruturas, a pasta segue monitorando de forma permanente o perímetro. Em nota, a Sema esclareceu que visitas foram realizadas pela equipe da Secretaria entre quinta-feira (6) e a manhã desta sexta-feira (7).

 

“Foi realizada pelos responsáveis pela represa uma limpeza recente do vertedouro, e com isso, aumentou a vazão da água, e houve redução do nível da barragem, para comportar melhor o período das chuvas”, informou a pasta, que destacou ainda que a barragem utiliza captação da água para abastecimento urbano.

 

No município, a prefeitura declarou situação de emergência por conta do volume de chuvas no último dia 27 de dezembro. Na data, por meio do decreto nº 250, o Executivo municipal citou um aumento significativo nos prejuízos decorrentes das tempestades para aderir à medida.

 

“Com pontes danificadas, estradas de terra com erosão e casas inundadas em diversos pontos, a gestão está trabalhando para, primeiramente, garantir que todas as pessoas nas áreas de risco estejam seguras e vivendo com o mínimo de dignidade”, declarou a prefeitura após uma reunião com a Defesa Civil.

 

Na prática, a publicação do decreto promove a necessidade de licitações ou contratos de aquisição de bens para serem utilizados no combate aos desastres relativos à situação de emergência. Dessa forma, a resposta da prefeitura às demandas relativas à crise podem ser feitas de forma mais célere.

 

Confira a seguir a nota na íntegra:

“A Sema informa que foram realizadas pela regional da Sema de Confresa, e equipe de Segurança de Barragem da Sema, duas visitas à represa de Confresa para verificar as denúncias de risco de rompimento. Após a verificação, na tarde de quinta-feira (05) e na manhã de sexta-feira (06.01), a conclusão é de que não há risco iminente de rompimento, ou de galgamento (transbordamento) da represa.

 

Foi realizada pelos responsáveis pela represa uma limpeza recente do vertedouro, e com isso, aumentou a vazão da água, e houve redução do nível da barragem, para comportar melhor o período das chuvas. A barragem é de água para captação de água para abastecimento urbano. O monitoramento do caso continua sendo feito de modo permanente pela Sema”.

Fonte: Gazeta Digital

Deixe uma resposta