Início Esportes São Paulo marca com pênalti polêmico, mas leva empate no fim

São Paulo marca com pênalti polêmico, mas leva empate no fim

3
0

A sequência de três vitórias do São Paulo no Campeonato Brasileiro foi interrompida neste domingo. No Alfredo Jaconi, em Caixas do Sul, o time do técnico Hernán Crespo melhorou no segundo tempo após uma etapa inicial muito ruim, abriu o placar aos 40 minutos com Reinaldo, de pênalti, mas levou o empate do Juventude logo depois.

O enredo da última quarta-feira, quando permitiu ao Fortaleza o empate nos acréscimos, pela Copa do Brasil, se repetiu. Ricardo Bueno aproveitou falha de marcação em uma cobrança de falta na área para deixar tudo igual, aos 46. O São Paulo vinha de vitórias sobre Athletico-PR, Grêmio e Sport. Com o resultado, o time de Crespo chegou aos 22 pontos, na 12º colocação. Logo atrás está justamente o Juventude, com 21.

A estratégia do Juventude para enfrentar o São Paulo foi copiar o rival. Marquinhos Santos modificou o esquema tático para o 3-5-2, mesma formação utilizada por Crespo. A postura deixou o jogo amarrado. As coisas andavam bem defensivamente, mas os ataques não conseguiam ser eficientes.

Não à toa, nos primeiros 45 minutos, o São Paulo finalizou apenas uma vez com perigo. E isso aconteceu somente aos 31, quando Luan encontrou Rigoni entrando na área atrás da defesa. O argentino chutou para defesa de Marcelo Carné. A equipe de Crespo jogava muito lateralmente, ou até para trás, em vez de ser vertical.

Do outro lado, o Juventude era parado com faltas sempre que conseguia clarear uma jogada. Apenas Ricardo Bueno foi derrubado oito vezes pelos são-paulinos, que cometeram 12 infrações no primeiro tempo. A melhor chance saiu justamente na bola parada, em cobrança de falta de Guilherme Castilho que assustou Volpi.

Apesar do futebol pobre, Marquinhos Santos e Crespo não trocaram peças nem suas formações para o segundo tempo. O São Paulo, no entanto, voltou em um ritmo diferente no setor ofensivo, com mais movimentação entre os jogadores. Em apenas cinco minutos criou mais do que em todo o primeiro tempo. Benítez e Igor Vinícius apareceram na área para finalizar com perigo.

Deixe uma resposta