Início Notícias Traficante do CV troca tiros com Força Tática e acaba morto em...

Traficante do CV troca tiros com Força Tática e acaba morto em MT

21
0

Um membro da facção Comando Vermelho (CV), identificado como “Negão”, morreu na noite dessa segunda-feira (31) durante confronto com uma equipe da Força Tática (FT) dentro de casa, na Rua 58 A, bairro Jardim Monte Líbano, em Tangará da Serra (239 km das Capital), local já conhecido por funcionar como ‘boca de fumo’ no município.

De acordo com a ocorrência, a FT fazia patrulhamento pela região central de Tangará, quando realizou abordagem a um rapaz, identificado como “Evandro”, 19 anos, e com ele foi apreendido uma porção de maconha.

Questionado sobre onde teria pego a droga, ele identificou o traficante como nome de Gabriel, 19 anos, que atua no bairro Jardim Vitória, mediações de uma padaria.

Os policiais se deslocaram ao ponto indicado, onde localizaram o suspeito, realizaram busca pessoal e apreenderam uma porção de pasta base de cocaína, um cigarro de maconha e R$ 112.

Questionado sobre as drogas, Gabriel disse que na sua casa, no bairro monte Líbano, tinha mais. O traficante foi com a polícia ao endereço, onde os militares logo identificaram como ponto de vendas de drogas já conhecido.

Os militares questionaram quem estaria na casa naquele momento, e o traficante respondeu que o irmão dele, Negão, que pertence ao CV, e esteve envolvido recentemente numa tentativa de latrocínio, roubo seguido de morte, e assalto a mão armada a uma joalheria no município.

A FT se aproximou da residência, momento em que Negão percebeu a proximidade dos policiais, apareceu na janela com uma arma de fogo empunhada apontando para os militares e gritando: “Aqui vocês não entram”.

Dois militares conversavam com o traficante em frente a casa, enquanto outros dois invadiam pelos fundos. No entanto, Negão percebeu a entrada da FT, que precisou arrombar a porta da sala e o bandido ameaçou atirar.

Os policiais revidaram à ameaça com tiros, Negão foi baleado e desarmado.

Ainda com sinais vitais, a FT acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas quando os socorristas chegaram apenas constataram a morte do traficante.

Em buscas pela casa, foi apreendida uma adolescente de 16 anos escondida no banheiro.

A ocorrência foi registrada e encaminhada à Delegacia de Polícia Civil, responsável por investigar o caso e onde os acusados Evandro, Gabriel e a adolescente foram entregues.

Imagem: Reprodução

 

Deixe uma resposta