Início Notícias Justiça condena membro do Comando Vermelho que matava e tirava foto com...

Justiça condena membro do Comando Vermelho que matava e tirava foto com ossada das vítimas

26
0

José Elggy Alves Silva foi condenado, na quarta-feira (10), a mais de 19 anos de prisão pelo assassinato de Ezequiel da Silva Pemper, ocorrido em 1º de abril de 2018, em Campo Novo do Parecis (396 km de Cuiabá).

Ele foi condenado pelos crimes de homicídio qualificado e organização criminosa. A maioria do Conselho de Sentença reconheceu a autoria e a materialidade do crime de homicídio e organização criminosa e rejeitou todas as teses da defesa de Elggy.

Elggy foi condenado, pelo crime de homicídio, a pena privativa de 15 anos e 9 meses de reclusão. Já pelo crime de organização criminosa, foi condenado a 4 anos e 1 mês de reclusão.

Ainda durante as investigações realizadas pela Polícia Civil de Campo Novo do Parecis, ele confessou o assassinato de Ezequiel e mais três pessoas, e disse ter tentado matar uma quinta vítima.

Os crimes

José Elggy, conhecido como ‘Pretinho da Borracha’ ou ‘Mano Pretinho’, era um dos ‘disciplinas’ da facção criminosa Comando Vermelho em Campo Novo do Parecis.

O crime que iniciou as investigações contra ele foi o assassinato de Ezequiel Silva Pamper, em abril de 2018. Vídeos encontrados pela Polícia Civil mostram Elggy e seus comparsas espancando a vítima até a morte.

Além dos vídeos, também foram encontradas fotos de José Elggy ao lado das ossadas de suas vítimas.

Na época, ele confessou aos policiais a autoria dos crimes, e justificou dizendo ser dono de uma borracharia e de uma boate e teve os estabelecimentos furtados pelas pessoas que matou.

Imagem: Reprodução

Fonte: https://www.reportermt.com.br/policia/justica-condena-membro-do-comando-vermelho-que-matava-e-tirava-foto-com-ossada-das-vitimas/133302

Deixe uma resposta